bg

Rede social Ello quer ser o anti-Facebook

Do ProXXIma


O manifesto de lançamento da rede digital Ello revela sua essência, ou pelo menos o que ela não pretende ser: “Sua rede social é propriedade de anunciantes”. Seu objetivo, em poucas palavras, é ser o anti-Facebook. Por enquanto, a Ello funciona em beta e, nesse período de testes, apenas usuários convidados podem navegar e interagir por lá.
O objetivo da Ello é existir sem a necessidade de anúncios. “Nós acreditamos que uma rede social pode ser ferramenta para dar poder. Não uma ferramenta para enganar, coagir e manipular”, diz o manifesto.
O discurso parece ter conquistado muitos seguidores na internet. Na quinta-feira, 25, a rede congelou a abertura de novas contas e, em comunicado, assumiu que, para não ter problemas no serviço, não aceitaria novos usuários por enquanto.
O que a Ello não especifica em seu manifesto é como pretende continuar a operação quando for necessário aumentar o número de funcionário do serviço ou pagar por melhores servidores. O Facebook cria produtos e faz sua manutenção para um total de 1,3 bilhão de usuários. É caro e requer investimento alto e diário no desenvolvimento e manutenção de tecnologia. 

Outros Posts

Desenvolvido por Zimya