bg

Freelancer full-time?

Jobs como freelancer são ótimos para garantir um dinheiro extra e manter-se ativo, seja como hobby ou se você está em busca de uma nova oportunidade. No entanto, quando saber e como migrar de trabalhos ocasionais para um regime de trabalho full-time?

Largar tudo e abraçar a carreira de freela pode ser assustador, mas pode proporcionar experiências incríveis que façam qualquer risco valer a pena. Raubi Marie Perilli, digital marketer, escritora e fundadora da Simply Stated Media, largou um ótimo emprego para fazer isso. Ela decidiu compartilhar sua experiência e deu algumas dicas para quem pensa em seguir esse caminho:

1. Tenha uma visão: A sua ideia é um plano de negócios e não apenas um capricho. É preciso superar o instinto de insegurança e mostrar a você mesmo que freelancing é um trabalho. Defina um nome para sua empresa e estabeleça suas metas e visões para o futuro. Isso facilitará sua trajetória para que você não se perca.

2. Decida um tipo de negócio: Você pode operar como único proprietário ou estabelecer uma entidade de trabalho legal, como uma companhia. Considere seus objetivos e eduque a si mesmo sobre os tipos de benefícios que cada tipo de negócio propicia, então, mãos na massa!

3. Crie materiais de divulgação: Comunicar-se é imprescindível. Apesar de toda a tecnologia, o boca a boca continua sendo uma das divulgações de mais alcance, portanto, faça com que seu negócio seja notado. Desde de já comece a trabalhar no território que você pretende atuar e instigue o público antes mesmo do lançamento. Por que não? Faça networking e mantenha contatos. As oportunidades virão.

Quer conferir as outras dicas de Raubi Marie? Confira todas aqui (em inglês).

 

Outros Posts

Desenvolvido por Zimya