bg

Os lugares remotos de Sebastião

Mais um projeto de Sebastião Salgado se transforma em sucesso absoluto. “Genesis”, que retrata os lugares mais intocados da Terra, tem imagens de pinguins da Antártida e indígenas no Mato Grosso. As fotos estão expostas no Rio de Janeiro, no Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico (rua Jardim Botânico, 1.008), até o dia 26 de agosto.

Segundo o próprio fotógrafo, este é um trabalho de preservação do meio ambiente. “O que está retratado é o que devemos proteger”, afirmou, em entrevista coletiva ao lançar a exposição, que tem 245 imagens. “Precisamos voltar em direção a natureza para preservá-la.”

Quem não está no Rio, ou não vai passar por lá, mas ficou interessando no novo trabalho de Salgado, pode adquirir o livro. Por cerca de R$ 160, você tem acesso à obra de 520 páginas, que está à venda em todas as livrarias do Brasil.

Se você está a fim de desembolsar um pouco mais, pode também adquirir a obra em versão especial. Vendida no site da editora, a Taschen, ela vem em cinco versões.

Cada uma vem em dois volumes, com capa de couro e 704 páginas, além de uma impressão de 18,4 X 27,6 de uma das fotos. O preço? US$ 10 mil.

Aliás, em recente entrevista à Época, Salgado falou a respeito do valor de suas obras. “Eu vendo caríssimo. De R$ 6 mil a R$ 100 mil. Mas não concebi para o mercado”, disse. “Se as pessoas querem, tudo bem. Mas hoje o que você vê entre os fotógrafos profissionais é fotografia feita exclusivamente para vender. Falta um pouquinho de coração na fotografia atual. É simplesmente um produto de arte.”

Outros Posts

Desenvolvido por Zimya